full screen background image

Tutorial – Unity Cloud Build

Tutorial – Unity Cloud Build

Com a intenção de ser mais que uma ferramenta, a Unity oferece uma série de serviços. O objetivo é se consolidar como uma plataforma para auxiliar o desenvolvedor em todas as etapas do desenvolvimento.

Um desses serviços é o Unity Cloud Build. Ele tem a intenção de executar a etapa de build do jogo. Dependendo do projeto, isso pode demorar horas ocupando recursos. A proposta é que você configure o projeto na Cloud do Unity, deixando-o disponível em um repositório online (github, bitbucket por exemplo).

Uma das maiores vantagens do Cloud Build é diversidade de plataformas que você pode exportar o projeto como por exemplo: Android, IOS, WegGL, Windows e OS X.

O serviço possui, assim como a maioria dos serviços da Unity, uma versão grátis. Também há alguns planos pagos que oferecem mais algumas vantagens.

Para esse tutorial vamos criar um projeto e configurá-lo para o build em WebGL.

Criando o projeto no cloud build

Primeiro devemos acessar o painel do desenvolvedor do Unity usando o seu Unity ID. Se você ainda não tem, deve criá-lo para usar este e outros serviços.

Na tela para onde você é redirecionado clique em “Create New Project”. Ele deve estar no canto superior direito da tela. No modal que aparecer, você deve dar um nome e escolher a organização a qual o projeto pertence. Assim, você deve definir a sua organização na hora de criar um cadastro.

Terminada esta etapa, você verá o painel do jogo exibindo os serviços que você pode ativar. Logo, clique em “Enable Unity Cloud build”. Agora vamos fornecer algumas informações sobre o projeto, clique em “Do it!” e informe a URL e tipo dele (GIT, SVN…), depois clique em “Next”.

Agora escolha a plataforma que deseja exportar. Para esse tutorial, irei escolher a WebGL.

Terminando a configuração

Falta muito pouco agora.

Basta fornecer mais algumas informações do build como uma “label”(Rótulo), o branch do repositório e a versão da Unity usada para desenvolver. Aliás, isso é muito importante, pois  se você usou uma versão mais antiga para escrever o jogo, algumas API’s podem não existir nas versões mais recentes. Por último, é necessária a informação da opção de auto-build. Ela faz com que a Unity builde automaticamente seu jogo, de tempos em tempos, quando houver mudança no branch.

E por fim, clique novamente em “Next”. Assiim, seu jogo entrará na fila de espera. Se o seu plano for o grátis, você pode esperar um pouco até que o build comece, afinal você não tem preferência, mas nada muito demorado.

Agora é só continuar trabalhando enquanto a mágica acontece.

Bom fico por aqui e até a próxima.


Tags:

Allan Douglas

Allan Douglas (Redator) – Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Estácio de Sá). Atualmente trabalha como Analista Líder na Teccenter no Recife – PE. Também desenvolve soluções WEB, Mobile e Games. É fanboy da SEGA e adora jogos de estratégia digitais ou analógicos.


Show Buttons
Hide Buttons