Análise: Marvel vs Capcom 2: New Age of Heroes

Marvel vs Capcom 2 - iOSMarvel VS Capcom 2: New Age of Heroes é a continuação de sucesso do crossover entre os heróis da Marvel e os personagens dos games da Capcom. Lançada sua primeira versão em 2002 para arcade, está presente em diversas plataformas, inclusive para iOS.

Vou fazer a análise com base nessa versão adaptada aos aparelhos da Apple. Apresentarei dados gerais do jogo, mas também algumas especificidades dessa versão aos aparelhos móveis.

Então… hora de começar a luta!

Selecione seu herói e vamos lutar!

Marvel vs Capcom 2 - New Age of Heroes - Abertura Marvel vs Capcom 2 - Seleção de Heróis

O jogo permite que você escolha entre modo single player ou multiplayer via bluetooth. Esse último é sempre interessante em qualquer jogo desse gênero. A oportunidade de desafiar alguém para uma luta no game é algo bacana.

Marvel vs Capcom 2 - TriosQuanto à luta, as batalhas são 3 contra 3, diferente da versão anterior que eram duplas. Só realizar a troca como nas outras versões e seu parceiro surge na batalha.

Você enfrentará 6 fases com os trios sorteados em cada uma. Na última, é o momento de enfrentar Abyss e suas três formas. Não é muito difícil se você se defender bem das investidas dele.

Os assistentes – para dar aquela forcinha na hora da luta – também foram mantidos, mas agora são os próprios lutadores da reserva que fazem isso. Inclusive eles podem levar dano e permanecer com ele ao serem chamados à batalha. O jogador também escolhe o tipo de ajuda que ele quer do herói, representado por letras gregas. Geralmente o pessoal escolhe a padrão, que o jogo recomenda, porém pode optar por outras formas. Essa mudança do assistente ficou mais interessante e permitiu ao jogador traçar estratégias na luta. No anterior, era um simples sorteio e podia vir qualquer um. Fora que o uso era limitado. Aqui não há limites, todavia o dano sofrido, caso o assistente tome, é o risco.

Marvel vs Capcom 2 - LutasOs modos turbo e normal foram mantidos também e os especiais. Só que agora, como temos três lutadores, especiais podem ser formados com todos juntos. Vira um combo e tanto!

As opções de configuração também são bem boas. Permitem corrigir dano, tempo de término de lutas, velocidade e outros atributos que, se não fossem possíveis, poderiam tornar a luta entediante. Eu mesmo aumentei o dano padrão para tornar mais rápidas as batalhas. Senão demoravam demais para terminar.

Os controles padrões do jogo para iOS são complicados. Esses analógicos virtuais não dão conta do recado mesmo. Porém facilitar com atalhos mais simples para especiais e golpes ajudou bastante na jogabilidade nesses aparelhos. Porque fazer meia lua naquele analógico ali é dureza. Vai por mim.

 

“New age of Heroes” mesmo

Marvel vs Capcom 2 - AbyssQuanto aos heróis, o jogo possui 56, que você pode escolher à vontade. Se contarmos o vilão Abyss, 57, mas esse não é jogável. Realmente a seleção dos personagens é muito boa e tem metade de cada lado das franquias. Muito bom. A minha única crítica é ter dois Wolverines: um com garras de osso e outra de adamantium. Não tinha necessidade. Botem mais outro herói, nem que seja o E. Honda, Blanka, porém repetir é dose!

Eu creio que eles queriam manter a mesma quantidade de heróis de cada lado. A Capcom tinha personagens de sobra e já com programação feita, contudo Marvel nem tanto. Pegue os jogos de luta da Marvel e verá que todos já estão ali nesse game. Então um novo Wolverine era só mudar a arte e o resto deixar igual. Seria mais fácil. É o único motivo para justificar, pois sabemos bem da pressa de lançamento, prazos… Então é uma maneira fácil de fechar o desenvolvimento de algumas coisas que são a cereja do bolo.

Marvel vs Capcom 2 - Heróis

A questão das cores para escolha está bacana, inclusive você pode comprar cores novas também aos heróis.

Na versão anterior, os heróis tinham finais personalizados. Nessa, é um padrão a todos bem decepcionante. Já que a abertura foi tão caprichada, mostrando somente os heróis já liberados, podiam ter feito finais também. Na minha visão, foi mais uma economia para lançar logo o game.

Quanto a quais heróis fazem parte, a lista consta aqui. Afinal, somente uma parte vai vir liberada para jogar. O restante você vai batalhar bastante para consegui-los.

 

Pontos e Trocas por Coleções e Heróis

Marvel vs Capcom 2 - Compra Heróis Marvel vs Capcom 2 - Coleções

Cada uma das lutas, que participa no modo single player, você ganha pontos. Com eles, você pode fazer trocas por novos heróis, novas cores de seleção ou artes conceituais deles. Também você pode liberar novas fases para lutar.

Acho sempre legais coleções e incentivar a fechar o jogo 100%. Isso faz o jogador ficar por um bom tempo interagindo para liberar tudo. Eu particularmente ainda não liberei tudo e tem sido meu principal incentivo atual a jogar.

Outros modos de jogo também existem, como o Score Attack, que desafia sua pontuação mais alta no game. Os recordes também foram mantidos.

Quanto aos gráficos e música, o último está ótimo, mas o primeiro está muito ruim. Como eles reaproveitaram o jogo aplicado em outras plataformas, eles estão cheio de serrilhados. Bem feio, porém é claro que foi uma adaptação rápida de um jogo já pronto para outra plataforma.

Veja um vídeo com um pouco do game:

Pontos Fortes

  • Diversidade de heróis para jogar;
  • Incentivo ao replay por meio de pontuações para trocar por heróis, cenários e outros;
  • Melhoria nos assistentes e sua forma de escolha/interação no jogo;
  • Batalhas com trios;
  • Controles mais simples para a versão iOS, evitando meia lua e outros;
  • Abertura personalizada: conforme você vai desbloqueando os heróis no jogo, eles vão surgindo nela.

Oportunidades de Melhoria

  • 2 Wolverines são desnecessários. Tem personagens da Capcom de sobra para ter outro personagem diferente;
  • Gráficos serrilhados em todo o jogo;
  • Falta de finais personalizados aos heróis.

 

Marvel vs Capcom 2Marvel vs Capcom 2: New Age of Heroes é um ótimo jogo de luta com vários personagens. As oportunidades de melhoria mesmo são detalhes que podem passar batidos – exceto os gráficos. Se você já gostava da versão anterior, curte a Marvel e os games da Capcom, vai gostar muito dessa versão. Jogue com amigos também, que é muito bacana.

Fabiano Naspolini de Oliveira

Fabiano Naspolini de Oliveira

Fabiano Naspolini de Oliveira (Editor-Chefe) – Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Pós-Graduado em Docência para Educação Profissional, MBA em Game Design e Mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação. Foi redator do portal Nintendo Blast, professor de cursos técnicos e Game Designer/Sócio-Fundador do estúdio Céu Games por 6 anos. Atualmente, é professor de jogos digitais e escritor.

Send this to a friend