Gamers: Capítulo 62: General Mouse contra a escolhida de Kirby – Confronto de Beleza e Poder

Com a luta devastadora de atiradores, o general Zapper (ou Z) é derrotado pela escolhida de Samus, Tamires.

Tendo a chave em mãos, parte com ela para o encontro com os outros escolhidos e suas chaves.

Agora é a vez de Roberta enfrentar M, general da divisão 16B.

Gamers: Capítulo 62: General Mouse contra a escolhida de Kirby – Confronto de Beleza e Poder

GAMEOVER_Gamers_GeneraisCom a forma de King Dedede Roberta avança, usando o martelo e golpeando a adversária onde ela estava sentada. Apenas a cadeira se despedaçou.

– Estragando os móveis da minha cozinha? – M prepara o bastão retrátil dela e ataca Roberta diversas vezes.

A escolhida defende-se das investidas dela com o martelo.

– Não bastou a surra de Dream Land e quer ainda me importunar, menina? – rebatia e se defendia das investidas de Roberta.

– Eu não sou a mesma daquela época… Mzinha.

A general se encheu de raiva e deu um chute em Roberta. Ela perdeu o martelo com o golpe, depois levando outra investida de sua adversária. A escolhida defende-se com seus braços em X, mas o impacto a joga contra os armários da cozinha, destroçados do encontro dela com eles.

Ao barulho de xícaras, pires e outras louças, Roberta levanta-se, tirando-as de seu corpo. Olha para a adversária e vê um sorrisinho debochado no canto da boca:

– Sabe… você melhorou mesmo. Está me dando mais trabalho do que eu imaginava – a general tirou o chicote de sua cintura e agora segurava essa arma junto ao bastão retrátil.

M rodeava Roberta a uma distância – ou melhor, a um raio – de cinco metros. A escolhida observava se ela faria uma investida.

snes-mouseSuper Nes Mouse nunca perde uma captura de sua presa – diz a general. – Você perderá logo e terei você como um troféu para o nosso mestre.

Roberta pensa:

– Mais um nome de periférico. Será uma união entre eles? Mas existem outros do nosso lado. O que acontece? Bem, agora preciso de uma chave e da minha vida.

A escolhida transforma-se em Adeleine, pois teve uma ideia.

– Vai pintar um quadro, menina? – M parte para cima dela e tenta chutá-la, mas Roberta se desvia, desenhando nos pés dela uma corrente. A outra ponta fica presa ao chão.

A general ficou trancada.

– Que corrente é essa, garotinha? – ela vê um chute de Roberta vindo na cara dela.

O chute a acerta em cheio, levando-a para longe e contra a pia da cozinha. A corrente do chão arrancou o concreto para soltar M em voo e aterrissagem nada boa na pia. Os canos dela estouraram, começando a vazar água pelo recinto, inclusive molhando M.

bandana_Waddle_Dee– Gostou da minha obra de arte, Mzinha? – zomba Roberta, mudando para a forma mista de Bandana Waddle Dee e a lança dele em mãos. Sempre daquela forma mista ao corpo dela, poderes e roupas remetem ao personagem, leitor.

A general M levanta-se, enxuga o sangue no canto da boca e diz:

– Ainda nem começamos… gordinha – chuta uma cadeira e a envia em direção à Roberta.

A escolhida desvia e M agarra a cadeira de volta com o seu chicote, lançando-a novamente pelas costas, como um bumerangue. O móvel se quebra no corpo de Roberta e M se aproxima, golpeando-a na barriga com seu bastão retrátil.

A adolescente sentia uma dor gigante e forte. Não tinha tempo e não podia entregar os pontos assim. Ela voaria em direção à parede pelo golpe da general, mas ela usa a lança e a finca no chão a tempo. Isso dá apoio para ela se segurar, pegar impulso e sair em direção à M em alta velocidade, como um atleta de salto com vara.

Ao se aproximar da inimiga, Roberta aplica um chute, fazendo-a voar, mas ela se apoia com seu chicote, laçando-o em um pilar. M pega embalo e gira nele, para tomar impulso e voltar para golpear Roberta.

A escolhida vê o movimento e abaixa-se para desviar.

– Garota maldita – solta-se do pilar e estala o chicote de raiva.

kracko_kirby– Vejo que já está aprendendo que sou mais dura na queda do que você imagina – transforma-se em Kracko, mais um personagem de Kirby. Seu corpo e membros ficaram com cintos e braceletes de nuvem espinhosa, além de um olho bem no centro de seus peitos.

M olha com desprezo e diz:

– Ora, ora. O que vai fazer? Tacar um raio em mim, nuvenzinha?

Roberta mal deixa que ela termine a frase e parte para cima dela com um soco, gritando:

– Kracko… Thunder Punch! – acerta um soco elétrico na general.

A inimiga da escolhida tenta defender-se, mas a eletricidade percorre o corpo dela e aplica um grande choque. A tensão no corpo dela foi tão grande que a lançou afastada um pouco de Roberta. Parecia que tinha torrado um pouco e algumas fumaças saíam do seu corpo.

– Desgraçada… – ofegava, arqueada já com o cansaço, mas com olhares fixos na escolhida.

Roberta também sentia o mesmo. Seu corpo estava dolorido, o ki estava sendo consumido, mas iria aguentar, pois tinha um objetivo forte em mente. Os outros contavam com ela pela chave, para também enfrentar V.B.

A general começa a tentar golpear Roberta com o chicote. Ela responde à inimiga com raios oriundos de sua transformação. Algumas vezes M tinha êxito; outras, a escolhida.

Até que em um momento M laça pelos braços a escolhida e a puxa para perto de si.

– Vai levar um golpe meu, garotinha – prepara um golpe com o bastão retrátil.

A arma se choca com o Thunder Punch de Roberta da mão livre que a escolhida ainda a tinha. O bastão não conduziu eletricidade devido ao emborrachado, mas teve uma força que foi suficiente para parti-lo ao meio.

A general M fica pasma, olhando para a arma quebrada.

– Como pode? Meu… bastão…

Roberta aproveita para desarmá-la também do chicote, com um golpe nas mãos.

– Maldita… Como pode? Como pode? Eu sou forte, linda… você é uma escolhida gorda, chata e fraca. Nunca será melhor que eu. Esse meu corpo é sexy, sou mais ágil e…

Roberta a soca com um gancho elétrico e a lança contra a mesa da cozinha. O móvel se quebra com o impacto.

M se levanta e tenta golpear Roberta com socos e chutes, mas a escolhida se defende de todos eles, aparando cada ataque. A adolescente estava furiosa e determinada. Os golpes da general não faziam efeito algum.

– Vai… – Mouse carrega ki nos pés. – morrer! – chuta a escolhida.

A escolhida defende-se apenas com o antebraço carregado de ki.

Kracko_kirbyM se vê apavorada. Seus golpes não tinham efeito e o olhar de Roberta estava cheio de raiva.

– Já me enchi de suas ofensas! – grita Roberta com raiva. – AAAAHHHHH! – Lança o Thunder Punch com toda a força que tinha contra o rosto de M.

O rosto da general ficou achatado com o impacto do soco da escolhida. Um barulho de trovão caindo na sala foi ouvido, acompanhado de um clarão e a visualização dos ossos de M como em um exame de raio X. A eletricidade circundou o corpo da general todo, lançando-a contra os canos quebrados da pia da cozinha. Ela voou como se fosse pluma nas mãos de Roberta.

A escolhida vê sua adversária caída, derrotada, mas a general diz, antes de desaparecer e virar dados binários:

– Parece que o plus size está na moda mesmo – e começa a desaparecer, deixando apenas naquele local a chave tão buscada pela Roberta.

A adolescente volta a sua forma normal, junta a chave do chão com orgulho e diz:

– Finalmente consegui, mas agora… – guarda no bolso. – Vamos ver se arrumo alguma comida que ainda sobrou nessa cozinha. Preciso de energias para V.B.

Roberta conseguiu mostrar sua força e beleza em uma batalha. Não uma beleza artificial, mas sua determinação e caráter que fez uma grande diferença ao enfrentar e se revoltar contra Mouse, general da divisão 16B, agora derrotada.

Tem um pedaço para mim aí, Roberta?

Continua…

Próximo Capítulo: General DualShock contra o escolhido de Fox – O mestre e o aprendiz

Fabiano Naspolini de Oliveira

Fabiano Naspolini de Oliveira (Editor-Chefe) – Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Pós-Graduado em Docência para Educação Profissional, MBA em Game Design e Mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação. Foi redator do portal Nintendo Blast, professor de cursos técnicos e Game Designer/Sócio-Fundador do estúdio Céu Games por 6 anos. Atualmente, é professor de jogos digitais e escritor.