Gamers: Capítulo 64: General Transfer Pack contra o escolhido de Link – Espadachins em luta

Com o terceiro general, DS, derrotado pelo escolhido de Fox, o cerco para enfrentar V.B. está chegando mais perto.
Agora falta apenas uma chave e contamos com Sandro, escolhido de Link, contra TP, general da divisão 64B.

E vejam isso no capítulo 64 também. O que isso significa, leitor? Nada.

Gamers: Capítulo 64: General Transfer Pack contra o escolhido de Link – Espadachins em luta

GAMEOVER_Gamers_GeneraisSandro parte em direção à mesa que continha a chave que precisava. Quando a pegaria, TP troca de lugar com ela e aparece na frente do escolhido, golpeando-o com sua espada. O herói defende-se e diz:

– Imaginei que não seria tão fácil – tenta golpear TP.

Ele desvia, abaixando-se, e tenta atacar Sandro, dizendo:

– Só brincadeirinha – golpeia o escolhido, mas tem o ataque defendido por ele. – Vai ter que realmente me derrotar se quiser a chave.

Uma luta rápida e poderosa inicia-se pelo ambiente. Sandro e TP trocam golpes de espadas, porém nenhum deles tinha êxito em suas investidas. Não posso dizer o mesmo do ambiente. A cada golpe das lâminas, um corte no ar provocava, lançando-o em direção aos objetos em volta. Livros fatiados, prateleiras, mesas eram apenas alguns itens que iam se esfacelando.

O escolhido de Link sentia empolgação naquela luta e TP o retribuía da mesma forma. Os dois gostavam de brigas e viam no adversário um sentimento mútuo de que aquilo durasse por muito tempo.

– Vejo que melhorou bastante, garotinho remelento de Link – zomba TP.

– Não sabe o quanto… – afasta-se do inimigo.

TP aproveita, pula e, com suas duas espadas em mãos, corta o ar com elas, fazendo um X. Esse corte vem em direção a Sandro como um míssil.

O escolhido de Link defende-se com o escudo de Hylian e depois sente a presença do general pelas suas costas. Rapidamente vira-se para cortá-lo, mas TP troca novamente de lugar. O movimento é repetido diversas vezes e Sandro começa a ficar irritado por não ter êxito nos golpes, dizendo, bravo:

– Vai ficar trocando ou fugindo?

Foi então que o escolhido percebeu o ambiente: estava cheio de pedaços de objetos, livros e outros, devido ao início da luta deles. Ele pensa:

– Ele fez isso propositalmente. Assim, ele tem um campo inteiro cheio de coisas para fazer trocas.

– Não estou aqui para papo – aparece na frente de Sandro.

TP ataca com suas duas espadas simultaneamente: uma vindo de cada lado do seu adversário.

O escolhido de Link apara os golpes com a espada e o escudo, protegendo suas laterais direita e esquerda, mas fica vulnerável no meio, levando um chute de ki bem no estômago. Isso foi tão rápido quanto o vôo que o golpe de TP lhe proporcionou. O adolescente foi jogado contra uma prateleira de livros.

TransferPakO general segurava as duas espadas, brincando com elas em suas mãos, cortando o ar e dizendo:

– Estou me divertindo, menino. Mas ainda não é páreo para a minha força. Transfer Pack não será derrotado tão facilmente assim.

Sandro ouve o nome e faz relações com o seu repertório gamer. Lembra-se do que Tamires e os outros falaram sobre periféricos, além do subordinado que já havia enfrentado. Pensa, enquanto se livra dos livros amontoados em cima dele:

– Periféricos antigos novamente… seria uma vingança deles?

Não houve muito tempo para pensar nisso, pois Transfer Pack lança dois cortes em direção a Sandro.

O escolhido desvia e começa a correr em círculos, tendo como eixo central TP. O general aproveita para lançar mais cortes no ar de suas afiadas lâminas. O movimento se repete inúmeras vezes de ambas as partes, até que:

– Hahaha… Até quando vai ficar nessa de fugir, garotinho?

Sandro sorri para ele e pula no ar:

link_bomb
– Até você esburacar toda essa base em volta e fazê-la ceder – lança uma bomba contra TP. – Link… Bomb!

Enquanto o general estava ocupado com o chão cedendo e a bomba, o escolhido visualiza onde está a chave e usa o Sheik Teleport para ir bem próximo ao local. Quando a teria em mãos, TP chega antes, trocando de lugar com algo próximo e desfere um golpe no escolhido com uma das empunhaduras de suas espadas, recuperando a chave.

– Idiota… Acha mesmo que ia deixar barato! – chuta o escolhido, jogando-o contra a bomba que ele mesmo lançara.

Ela explode. O chão onde estavam desaba com tudo, levando os objetos da grande biblioteca para o andar de baixo: um salão de treinamento. Era livre e repleto de armas pelas paredes.

Levantou-se uma fumaça intensa, com a explosão e os destroços caindo do andar. TP ficou atento, esperando uma reação de Sandro. Provocou:

– Morreu já?

– Não daria esse gostinho a você – o adolescente aparece com a fumaça já dissipada.

O escolhido se protegeu da explosão com seu ki em volta, criando um campo de força. Assim, manteve-se apenas com os danos levados pelo chute e a empunhadura da espada do general. Ele pensa:

– Preciso focar no ki dele. Já havia percebido isso em Kongo Jungle. O trajeto que ele faz com as trocas deixa um rastro de ki. Assim, saberei onde ele fará a troca e consigo antecipar. Foco, Sandro… Foco!

TP nem deixou pensar muito e já trocou com um destroço atrás do escolhido, golpeando o garoto com a espada. Só que dessa vez, o general cortou o ar.

– Como? – fala, surpreso.

– Aqui… – Sandro, que estava atrás do general, pulou e conseguiu chutá-lo contra a parede do ambiente que lutavam. O escolhido cai elegantemente no chão após o golpe.

Já TP descola da parede que foi jogado e diz, com sangue escorrendo da boca:

– Hahaha. Vejo que o menino está revidando ataques. Vamos ver do que é capaz… se aguenta minha técnica maior – desaparece.

Sandro pensa:

– Ele está fazendo trocas, mas… o que é isso? Sinto-o em todos os lugares.

O general estava fazendo trocas rápidas em volta do escolhido. Isso dava a sensação de ter vários TPs em volta dele, gerando uma espécie de várias miragens.

– Então, escolhido… adivinhe qual de nós é o verdadeiro. Será tão rápido quanto eu ou levará um golpe de espada – parte para cima de Sandro, mas ele se defende.

Sheik_ZeldaNovamente o general repete o movimento rápido, criando as miragens.

– Ele está trocando rapidamente… É tão rápido que dá a sensação de vários dele pelo campo – o escolhido pensa. – Tenho que me concentrar no ponto de parada dele para me atacar. Assim, teleporto para pegá-lo de surpresa.

Foi quando novamente TP veio em cima de Sandro e ele usou o Sheik Teleport, aparecendo atrás do general e golpeando-o com a Master Sword. A espada estava carregada de ki e arruinou a armadura de Transfer Pack. Depois, Sandro bateu com o escudo no rosto do general, lançando-o alto e fazendo-o cair ao chão. A queda de TP provoca um estouro com o impacto.

O escolhido ofegava, cansado. O ritmo da batalha era intenso e sua concentração no ki dele o desgastava bastante.

– Ele ainda está de pé. Sinto o ki e preciso manter esse foco. Assim, impeço as trocas dele.

Uma risadinha começa a surgir pelo ambiente. Ela vai subindo o tom da voz até se transformar em uma grande gargalhada. TP estava rindo da situação e estava de pé, sem armadura e com machucados no seu corpo.

– Quem diria que você conseguiria me deixar nesse estado. Hahaha… Nunca tive uma luta tão empolgante assim – também apresentava cansaço. – Bem… já mostrou seu talento e está na hora de decidirmos a luta.

O general começa a explicar a forma de decisão desse confronto:

– Vamos fazer um duelo de saque de espadas. O primeiro a cortar o adversário vence. O que acha? – largou no chão uma das espadas, segurando apenas a da direita.

Sandro diz com confiança:

– Claro! Isso será decisivo para nossa luta.

O escolhido embainha a espada e Transfer Pack faz o mesmo. Ficam com as mãos em prontidão na empunhadura para lançar o último golpe. A tensão ficou grande entre eles e observavam um ao outro, vendo quando um deles desembainharia a arma para aplicar o ataque.

Os dois partiram em direção um do outro. A velocidade deles foi impressionante. Parecia que você piscou o olho e os perdeu de vista. As lâminas deles se encontraram, mas uma delas se partiu.

Escudo_HylianTP leva o dano de Sandro, tendo sua espada quebrada e voando com um corte em seu corpo. O corpo do general é jogado contra destroços que vieram da biblioteca. Novamente se ouve um estrondo violento com o choque de Transfer Pack na colisão.

O escolhido vê que ele tinha levado o golpe final. Guarda a espada e segura o escudo, aproximando-se do inimigo caído. O general estava de barriga para cima, sofrendo com os danos levados, e disse ao escolhido:

– Sabe, garoto… você melhorou muito. E me divertiu bastante. Vou partir feliz daqui. Hahaha… Hahaha… – continua rindo de felicidade até não ter forças e apagar.

O corpo de TP começa a a se dissolver como os generais Z e M. Só resta a chave ali para Sandro.

O escolhido a pega e a olha, admirando-a com orgulho, mas depois se lembra do cansaço e das dores que estava sentindo, evidentes agora com a diminuição da sua empolgação com a luta. Acaba desmaiando ali mesmo. Estava bem e seria a chance de descansar para os próximos desafios que teria que enfrentar.

 

 

A batalha fora das torres continuava intensa. Para completar a luta, naves oriundas de outros planetas se juntavam ao confronto. Alguns aliados dos escolhidos, mas também outros controlados por V.B., vinham ajudá-lo. Conforme iam sendo libertados do controle mental desse grande vilão, tornavam-se aliados da causa dos adolescentes escolhidos.

Observando tudo isso estava V.B., sentado em seu trono e cercado de painéis mostrando cada local de Game Over por câmeras.

Não demonstrava nenhuma compaixão com seus generais derrotados. Afinal, usar seus subordinados dessa forma faziam parte do plano de V.B.

– Os generais deram um trabalho bom aos escolhidos – comenta em seu trono. – Como foi bom assistir de camarote! Esse é o preço quando se é rei do tabuleiro de xadrez. Mandam-se os peões para enfrentá-los e fico bem protegido aqui. Logo eles estarão aqui, bem cansados, e serão esmagados como moscas. MUAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…

 Continua…

Próximo Capítulo: Adentrando o Castelo de V.B. – Heróis dos Games contra Escolhidos

Fabiano Naspolini de Oliveira

Fabiano Naspolini de Oliveira

Fabiano Naspolini de Oliveira (Editor-Chefe) – Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Pós-Graduado em Docência para Educação Profissional, MBA em Game Design e Mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação. Foi redator do portal Nintendo Blast, professor de cursos técnicos e Game Designer/Sócio-Fundador do estúdio Céu Games por 6 anos. Atualmente, é professor de jogos digitais e escritor.

Send this to a friend