Tutorial: Criação de Personagens – Parte 2.6 – Arquétipos do tipo Alma

Continuando a análise sobre os Arquétipos, vamos ver os detalhes dos personagens do tipo Alma.

Vamos lá!

Arquétipos do tipo Alma

Os personagens do tipo Alma podem ser divididos em: Explorador, Rebelde, Amante e Criador. O que destaca neles são suas atitudes e não seus sentimentos, como os do tipo Ego.

Abaixo estão suas características principais.

Alma

  • O Explorador
    • Lema: não me cerque;
    • Desejo central: a liberdade de descobrir quem é através da exploração do mundo;
    • Objetivo: a experiência de um mundo melhor, mais autêntico, mais gratificante na vida;
    • Maior medo: ficar preso, conformidade e vazio interior;
    • Estratégia: viajar, procurar e experimentar coisas novas, fugir do tédio;
    • Fraqueza: perambular sem destino tornando-se um desajustado;
    • Talento: autonomia, ambição, ser fiel a sua alma.

 

image

  • O Rebelde
    • Lema: as regras são feitas para serem quebradas;
    • Desejo central: vingança ou revolução;
    • Objetivo: derrubar o que não está funcionando;
    • Maior medo: ser impotente ou ineficaz;
    • Estratégia: interromper, destruir ou chocar;
    • Fraqueza: cruzar para o lado negro do crime;
    • Talento: ousadia, liberdade radical.

 

Cortana_H4

  • O Amante
    • Lema: você é único;
    • Desejo central: intimidade e experiência;
    • Objetivo: estar em um relacionamento com as pessoas no trabalho e no ambiente que eles amam
    • Maior medo: ficar sozinho, ser um invisível, ser indesejado, ser mal amado;
    • Estratégia: tornar-se cada vez mais atraente fisicamente e emocionalmente;
    • Fraqueza: com o desejo de agradar aos outros, corre o risco de perder sua identidade externa;
    • Talento: paixão, gratidão, valorização e compromisso.

 

3037348-6067867738-30369

  • O Criador
    • Lema: você pode fazer tudo o que pode-se imaginar;
    • Desejo central: criar coisas de valor duradouro;
    • Objetivo: realizar uma visão;
    • Maior medo: a visão ou a execução medíocre;
    • Estratégia: desenvolver a habilidade e o controle artístico;
    • Fraqueza: perfeccionismo, soluções ruins;
    • Talento: criatividade e imaginação.

É isso aí, pessoal! Vamos continuar nos aprofundando no perfil de personagens para que possamos criá-los de forma convincente e realista. Além de nos ajudar a conhecer melhor o nosso personagem e seus motivos.

Abraços e até mais!

Filipe Leal

Bacharel em Ciência da Computação pela UDESC e certificado como Microsoft Specialist. Atualmente trabalha como programador na Basecorp Learning Systems. Reside em Edmonton - Canadá. Faixa preta com 1o. grau em Pa-kua, tem preferência por jogos de Ação/Aventura, RPG, Luta e Party Games. Seu jogo favorito é The Legend of Zelda - Ocarina of Time.