Tutorial: Desenvolvimento de Jogos para Android – Parte 1

Mascote Android Jogando

Que tal você desenvolver jogos para smartphones e tablets que utilizam a plataforma Android? Você não sabe por onde começar ou o que precisa fazer?

Relaxa … siga esse e os próximos tutoriais escritos por mim sobre desenvolvimento de jogos Android que você fará games logo, logo. o/

Apresentando-se e explicando as ferramentas de trabalho
Santiago Viertel

Antes de eu sair passando conceitos, códigos e prints de telas, deixa eu me apresentar. Eu me chamo Santiago Viertel e desenvolvo jogos eletrônicos há pelo menos 6 anos. Já trabalhei com plataformas bem diferentes como J2ME (Java para aqueles celulares mais antigos), Flash para PC e web, PC com programação 3D em OpenGL e por aí vai. Se você quiser saber mais, sinta-se à vontade para me contatar por aqui pelo blog mesmo.

Então meu povo, para termos um início mais tranquilo, eu vou explicar sobre algumas ferramentas que vamos trabalhar daqui em diante. Elas serão a base para que você possa fazer praticamente qualquer aplicação Android. Vou deixar claro que vou focar todos os tutoriais em um ambiente de desenvolvimento no Windows 8, mas saibam que todas essas ferramentas têm para Linux também. Dessa forma se você curte o sistema operacional, você pode baixá-las e fazer meus tutoriais da mesma forma. =]

Eu vou me referir como “ambiente de desenvolvimento” ao conjunto de todas as ferramentas necessárias para podermos desenvolver uma aplicação Android. Mas quais são essas ferramentas, Santy?  (sim, esse é o meu apelido).

O ambiente de desenvolvimento padrão precisa de pelo menos o compilador Java e do kit de desenvolvimento Android do Google. Sem eles, meus amigos, esqueçam. Eu aconselho fortemente (tipo … FORTEMENTE) vocês incluírem o Eclipse IDE como parte do ambiente de desenvolvimento. Ele ajuda muito o desenvolvedor evitando um monte de trabalho braçal com compilação e durante a procura de erros quando vocês começarem a programar.

Vou explicar cada uma dessas ferramentas por partes.

 

Linguagem JavaO compilador Java

Para quem não sabe o que é um compilador, ele é um programa que transforma seu código escrito em um programa de computador. Faz sentido ele ser essencial para quem quer desenvolver aplicações para Android, não? É o compilador Java que vai ler o programa que você vai escrever e transformar no arquivo que você geralmente baixa do Google Play quando instala um aplicativo de lá.

O real nome do compilador é Java SE Development Kit, traduzindo para o português fica: kit de desenvolvimento Java SE. O SE significa Standard Edition, que no português fica: edição padrão. Tudo isso pode ser abreviado como JDK. o/

OracleVocê pode baixar o compilador Java diretamente do site da Oracle, que detêm os direitos do Java, clicando aqui. Você poderá ver que tem bastantes instalações lá. Escolha aquela que é própria para o sistema operacional que você está usando. A instalação é bem tranquila, seguindo aquele padrão “next → next → finish”.

Para testar se você instalou direito, segure o botão do Windows e aperte “R”. Vai abrir a janelinha “Executar”. Ali você digita “cmd” e aperta enter. Vai abrir a tela do prompt de comando. No prompt de comando, você digita “cd %JAVA_HOME%” e aperta enter. Logo depois, digite “javac -version”. Se aparecer “javac <alguma coisa>” significa que você instalou certinho. Coloquei abaixo as imagens da tela do “Executar” (Figura 1 – Tela executar) e do prompt de comando (Figura 2 – Tela do prompt) com os comandos que eu falei para vocês digitarem. Provavelmente essas imagens vão ajudar bastante vocês.

Tela de Executar

Figura 1- Tela Executar

Tela de Prompt

Figura 2 – Tela do Prompt

 

Kit de Desenvolvimento Android

Android MascoteO nome real dele é Android Software Development Kit, que traduzindo fica: kit de desenvolvimento de aplicações Android. O pessoal que desenvolve para a plataforma chama mais de Android SDK.

Você pode baixar o Android SDK no site próprio do Google para desenvolvedores Android clicando aqui. Na página, clique em “Download SDK”.

Você fará o download de um arquivo compactado. Descompacte-o em qualquer lugar. Quando você descompactar você verá que ali tem uma pasta do Eclipse e uma do próprio SDK. Sim … até o pessoal do Google acha interessante você usar o Eclipse. ;D

Enfim, copie essas duas pastas onde você achar melhor, mas elas precisam estar juntas (sdk e eclipse juntas na mesma pasta). Não as separe senão você terá vários problemas.

Você já está com praticamente todo o ambiente de desenvolvimento na sua máquina. Agora só falta configurá-lo. Para isso, vamos saber como “funca” (funciona) o Eclipse IDE.

 

Eclipse IDE:

Eclipse IDEO nome real é Eclipse Integrated Development Environment, traduzindo: ambiente de desenvolvimento integrado Eclipse. Ele fornece praticamente tudo o que o desenvolvedor precisa. Aplicativo de edição de código, mostra erros nos códigos, ajuda a consertar erros mostrando várias possíveis correções, compila de forma automática e instala automaticamente no seu aparelho celular ou tablet, informa erros e onde ocorreram esses erros. Cara … ele é uma maravilha para quem desenvolve. Se você quiser saber mais sobre ele, entre no site oficial aqui. MAS … ele precisa ser configurado, obviamente.

Para isso, primeiramente o abra, entrando na pasta eclipse e clicando em eclipse.exe. Clique em “Ok” na tela que vai aparecer e então ele abrirá a tela inicial do Eclipse. Nela, clique no botão “Android SDK Manager”. Se você não achou o botão, olhe o print de tela que eu coloquei abaixo (Figura 3  – Botão SDK Manager). Clicando ali, ele vai abrir o Gerenciador de pacotes do Android. Também coloquei uma imagem da tela dele (Figura 4 – SDK Manager). Para você conseguir desenvolver um aplicativo (game) você precisará baixar pelo menos uma plataforma (eu baixo todas). Aconselho vocês a baixarem aquela que é a do teu aparelho de teste. Se você não tem um aparelho de teste, baixe a última mesmo (Android 4.3 API 18, nesse momento). Você precisará baixar também todas as ferramentas (Tools).

Botão SDK Manager

Figura 3- Botão SDK Manager

SDK Manager

Figura 4 – SDK Manager

Fazendo isso, respeitáveis leitores, vocês acabaram de configurar o ambiente de desenvolvimento. Eeeeeeee . o/

Já dá para começar a programar, mas isso é tema para o próximo tutorial. ;D

Vamos com calma que tudo dará certo. Mas se vocês já quiserem ir fuçando …

Android DevelopersPessoal, também quero apresentar a vocês o melhor amigo de todo desenvolvedor Android, o canal Android Developers. Vocês podem acessá-lo por aqui. Praticamente tudo o que eu falei no tutorial, eu tirei dali. Legal, né? Qualquer dúvida que vocês tiverem que foge um pouco dos tutoriais, procurem lá que muito provavelmente vocês acharão a resposta.

Aos desenvolvedores em Linux, existem algumas coisas que talvez vocês precisarão se preocupar a mais. Olhem nessa página, cliquem em “System Requirements” e deem uma olhada lá caso esse tutorial não ajude vocês.

No próximo tutorial vamos desenvolver nossa primeira aplicação Android. Provavelmente eu vou ver um game simples para já termos um bom resultado logo de cara.

É isso meu povo, espero que vocês curtam o que virá. Convidem mais amigos para acompanhar as postagens, curtam e compartilhem! E nos encontramos no próximo tutorial. ;D

Santiago Viertel

Santiago Viertel

Formado em Bacharelado em Ciência da Computação (UDESC), mestre e doutorando em Análise de Algoritmos (UFPR). Foi programador da Céu Games por 8 anos. Possui a preferência por jogos de estratégia e de tiro em primeira pessoa. Jogando bastante DotA 2, Left 4 Dead 2 e Age of Empires II HD.

Send this to a friend