Tutorial: Desenvolvimento de Jogos para Android – Parte 3

No tutorial Desenvolvimento de jogos para Android – Parte 2, eu mostrei para vocês como instalar o driver do seu dispositivo e como configurá-lo para ele executar a sua aplicação Android. Programamos também um game de Jokenpô.

Então meu povo, hoje vamos aprender como executar o jogo que vocês programaram no emulador do SDK Android para qualquer tipo de hardware. Achei melhor deixar a parte de explicação do programa para um único tutorial. O tutorial que explicará todo o código será o próximo. Que tal irmos devagar? Muita informação às vezes confunde. ;D

Bora executar o jogo no emulador? Bora.

Como executar o jogo no emulador do SDK Android?

TabletEu comentei no último tutorial que é possível rodar o jogo no emulador que vem junto com o SDK Android. Esse suporte é necessário porque nem sempre você tem um aparelho para testar o jogo. Às vezes, também, o seu jogo precisa funcionar em todos os aparelhos do mercado e, você concorda comigo que é um pouco caro comprar todos para fazer testes. ;D

Primeiramente você precisa cadastrar um novo dispositivo virtual. O SDK trata dispositivos virtuais da mesma forma como ele trata um dispositivo físico. Na verdade, ele “cria” um celular com um determinado hardware e software do sistema Android. Quando você roda o seu jogo, ele executa todo o sistema operacional Android em uma janela que representa o dispositivo virtual criado. Ele, basicamente, emula um celular no seu computador. Para criar um dispositivo virtual, clique no botão “Android Virtual Device Manager”, mostrado na Ilustração 1.

GerenciadorDeDispositivos

Ilustração 1- Gerenciador de dispositivos

Quando você clica nesse botão, ele abre a janela mostrada na Ilustração 2. Nessa janela são listados todos os dispositivos virtuais criados para você testar o seu game. Se já tiver cadastrado algum dispositivo, apague e crie um novo clicando em “New…”. O interessante de criar dispositivos virtuais é que você poderá, por exemplo, criar três dispositivos diferentes com tamanhos de tela diferentes. Você conseguirá ver como fica o seu jogo rodando em celulares com diferentes tamanhos de tela.

DispositivosVirtuais

Ilustração 2- Janela de dispositivos virtuais

Logo depois de você clicar em “New…” a janela de criação de um novo dispositivo virtual é aberta. Essa janela é mostrada na Ilustração 3. Em “ADV Name” você nomeia o dispositivo virtual como você desejar. Eu nomeei como “DispositivoVirtual”. Em “Device”, você escolhe um dispositivo padrão certificado pelo Google. Eu escolhi um que tem a tela pequena (320×480). Em “Target” você coloca no mínimo a versão de API que a sua aplicação está sendo desenvolvida. Nós colocamos Android 2.2, lembra? Eu coloquei uma memória flash no cartão SD de 256 MB. A nossa aplicação independe disso, mas eu coloquei mesmo assim. Hehe.

CriandoDispositivoVirtual

Ilustração 3- Criando um novo dispositivo virtual

Quando você clica em “OK”, o novo dispositivo é adicionado na lista de dispositivos virtuais. Agora você pode fechar a janela de dispositivos virtuais e executar a aplicação, assim como fizemos para rodar o jogo no tutorial anterior. Se você configurou a execução do jogo tudo certinho no tutorial anterior, então você poderá rodar o jogo simplesmente clicando no botão “Run”. A Ilustração 4 mostra esse botão.

BotaoExecucao

Ilustração 4- Botão para execução do jogo

Clicando nesse botão, a janela da Ilustração 5 é aberta. Primeiramente, você clica em “Launch a new Android Virtual Device” mostrando que você executará o seu jogo em um dispositivo virtual. Logo após, selecione o dispositivo virtual que você criou, nesse caso eu selecionei “DispositivoVirtual”. Logo após, você pode clicar em “OK” para iniciar o emulador. A Ilustração 5 mostra a sequência de cliques.

Quando você clica em “OK”, o computador começa a inicializar o dispositivo virtual e todo o sistema operacional Android dentro do dispositivo. Como ele inicia todo um sistema operacional, vai demorar um pouco até aparecer o seu jogo na tela. Apenas espere e veja o resultado. ;D

JanelaExecucao

Ilustração 5- Janela de execução do jogo

A Ilustração 6 mostra a inicialização do sistema operacional Android e a Ilustração 7 mostra o jogo sendo executado logo após a inicialização.

InicializacaoAndroid

Ilustração 6- Inicialização do sistema Android

ExecucaoJogoEmulador

Ilustração 7- Execução do jogo no emulador

Quando você for rodar o seu aplicativo mais de uma vez, você pode deixar o emulador aberto e apenas fechar o jogo dentro do emulador. Ao rodar o jogo novamente pelo Eclipse, aparecerá um dispositivo na janela (Ilustração 5) onde você escolhe o dispositivo para rodar o jogo. É só escolher o dispositivo virtual e você evita ter que inicializar todo o sistema operacional do Android novamente.

Pronto … você que não tem tablet ou celular Android agora pode rodar o seu jogo no seu PC. Se vocês forem curiosos e fuçarem no emulador, vocês verão que ele é praticamente um celular dentro do computador. Você pode instalar e remover aplicativos, realizar ligações (virtuais e não reais, obviamente), enviar e receber mensagens SMS e fazer qualquer outra coisa. Yeeessss …

Nesse tutorial nós vimos como executar um aplicativo Android no emulador que vem com o SDK Android. No próximo tutorial veremos o que significa cada linha de código que escrevemos ao programar o jogo Jokenpô do Desenvolvimento de jogos para Android – Parte 2.

Então pessoal, o que vocês estão achando dos tutoriais? Eu realmente gostaria de uma opinião de vocês leitores. Por favor, deixem seus comentários no post e não se sintam envergonhados em divulgar nas suas redes sociais preferidas. ;D

Um grande abraço e nos vemos no próximo tutorial.

Santiago Viertel

Santiago Viertel

Formado em Bacharelado em Ciência da Computação (UDESC), mestre e doutorando em Análise de Algoritmos (UFPR). Foi programador da Céu Games por 8 anos. Possui a preferência por jogos de estratégia e de tiro em primeira pessoa. Jogando bastante DotA 2, Left 4 Dead 2 e Age of Empires II HD.

Send this to a friend