Youtube: Criando o Jogo do Super Mario Bros no GameMaker #AULA6

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Aqui é o Diogo Pimenta trazendo mais uma vídeo aula da série: GameMaker – Criando o Jogo do Super Mario Bros

Nessa 6ª aula, vamos aprender a colocar a famosa música de fundo no Jogo do Super Mario Bros no Game Maker Studio. Clique no link abaixo para baixar todos os sons do game.

Download dos Sons do Super Mario Bros

E se você chegou agora e perdeu a 1ª aula, acesse o link: GAMEMAKER – CRIANDO O JOGO DO SUPER MARIO BROS #AULA1

Criando o Jogo do Super Mario Bros

O primeiro passo é fazer o download e a instalação do GameMaker Studio em seu computador.

O segundo passo é acessar o site para fazer o download das Sprites do Jogo: Recursos do Super Mario Bros

O terceiro passo é assistir o vídeo abaixo e praticar em seu computador.

Inscreva-se em meu canal para assistir e acompanhar as próximas vídeo aulas de GameMaker. Espero que gostem e compartilhem com os amigos.

Abaixo, um pouco da História de Koji Kondo, criador da música clássica do jogo do Super Mario Bros.

Biografia de Koji Kondo

Koji Kondo é um compositor japonês e um músico famoso pelas trilhas sonoras produzidas para os videogames da empresa Nintendo. Nasceu no dia 13 de Agosto de 1961. Seus principais trabalhos ficaram conhecidos nas séries “Super Mario”, “Star Fox” e “The Legend of Zelda”. Nascido em Nagoya, Japão, começou a ter aulas de órgão eletrônico a partir dos cinco anos de idade. Ele melhorou suas habilidades no instrumento em uma banda cover que tocava jazz e rock.

Kondo estudou no Departamento de Planejamento de Artes na Universidade de Artes de Osaka, mas nunca foi treinado da forma clássica ou se dedicou particularmente à música. No entanto, ele ganhou alguma experiência em compor e arranjar peças, usando tanto o piano como também um computador para auxiliá-lo. Durante seu último ano, a Nintendo enviou uma mensagem de recrutamento para sua universidade afirmando que eles estavam interessados na contratação de pessoas dedicadas à composição e programação de som. Com um jogo de fliperama e outro de LCD, Kondo foi contratado com sucesso para o trabalho em 1984 sem a necessidade de quaisquer fitas demo.

Kondo foi a primeira pessoa contratada pela Nintendo com o propósito de criar composições, e foi desempenhar um papel fundamental na criação de jogos da empresa e no reconhecido mundo da música. Os primeiros jogos em que trabalhou foram os jogos de fliperama “Vs. Golf” e “Punch-Out!”. Apesar da pouca criação de músicas, ele foi capaz de superar os desafios de desenho sonoro. Como o Famicom tinha se tornado muito popular no Japão, Kondo foi designado para compor as músicas nos jogos dos consoles subsequentes na nova equipe de desenvolvimento da Nintendo, a “Nintendo Entertainment Analysis and Development” (EAD).

Kondo também escreveu um manual de instruções para o programa japonês de música popular do Famicom usando o periférico “Family BASIC”. Para concluir seu primeiro ano na Nintendo, ele criou a música para “Devil World” ao lado de Akito Nakatsuka. Em 1985, a Nintendo começou a comercializar o Famicom no exterior sob o nome de “Nintendo Entertainment System” (NES) para capitalizar em cima do incidente de video games de 1983 pela devastada Atari, Inc. Ele compôs as músicas que se tornariam sucesso em “Super Mario Bros’ (1985) e “The Legend of Zelda” (1986) que ajudou o sistema a vender 60 milhões de cópias no total e que estabeleceu algumas das mais conhecidas melodias da indústria de videogames.

Super Mario Bros, por muitos anos foi o jogo mais vendido de todos os tempos, sendo a primeira atuação importante de Kondo. As melodias do jogo foram criadas com a intenção de que pequenos segmentos de música poderiam ser infinitamente repetidos durante o jogo mesmo sem causar tédio. A trilha sonora de Kondo para Super Mario Bros ganhou reconhecimento mundial, e é até hoje é conhecido como o melhor resultado de em jogo de vídeo game. O tema principal é um ícone na cultura popular e tem sido destaque em mais de 50 concertos, sendo um sucesso como toque de telefone, além de ser remixada e amostrada por vários músicos.

O trabalho de Kondo na composição de “The Legend of Zelda” se tornou bastante reconhecida. Ele produziu quatro peças principais de música de fundo para a primeira parcela da série, o tema overworld tornou-se comparável em popularidade com o tema principal do “Super Mario Bros”. Após o sucesso de “The Legend of Zelda”, ele se ofereceu a compor para dois títulos japoneses exclusivos, “Nazo no Murasame Jō” (1986) e “Shin Onigashima” (1987). Ele também criou a trilha sonora de “Yume Kōjō: Doki Doki Panic” (1987), que mais tarde foi rebatizada fora do Japão como Super Mario Bros 2 em 1988.


Kondo retornou a trabalhar nas séries de “Super Mario” para produzir as pontuações de Super Mario Bros 3 (1988) e de Super Mario World (1990) título de lançamento do Super Nintendo. Koichi Sugiyama dirigiu um arranjo de jazz para o álbum de músicas de Super Mario World e supervisionou o seu desempenho no primeiro Concerto de Música Orquestral do jogo em 1991. Depois de terminar a trilha sonora de “Super Mario World”, Kondo foi responsável pela programação de som para “Pilotwings”, e criou os efeitos de som para “Star Fox”.

Em 1995 ele compôs para a sequência de Super Mario World, Super Mario World 2: Yoshi’s Island. Até na Era do Nintendo 64, Kondo normalmente fazia todas as composições para os jogos, parando em The Legend of Zelda: Ocarina of Time sendo a última composição em ele trabalhou sozinho. Desde então, ele tem colaborado com outros membros da equipe da EAD, fazendo a supervisão das músicas criadas por outros compositores, bem como o fornecimento de composições adicionais para jogos como “Super Mario Galaxy”, ‘The Legend of Zelda: Spirit Tracks’ e “The Legend of Zelda: Skyward Sword”.


Kondo participou da estréia mundial de “Play! A Video Game Symphony” no Teatro Rosemont, Illinois em maio 2006. Sua música do “Super Mario Bros” e das séries de “The Legend of Zelda” foram realizadas por uma orquestra sinfônica completa. Este evento atraiu quase quatro mil participantes. Ele também participou e atuou em uma série de três concertos celebrando o 25 º aniversário das séries de “The Legend of Zelda” no final de 2011.

 

Fonte: Biografia de Koji Kondo




Diogo Pimenta

Diogo Pimenta

Cursou Análise e Desenvolvimento de Sistemas na FATEC - São Paulo. Atualmente trabalha como Instrutor de Programação, Robótica e Games na Happy Code. Trabalha com o Desenvolvimento de Jogos 2D há alguns anos. Editor e criador do Blog Diogo Pimenta. Também curte músicas, violão e poesias. Seu jogo favorito é o Super Mario Bros.

Send this to a friend